Este blogue tem conteúdo adulto. Quem quiser continuar é risco próprio; quem não quiser ler as parvoíces que aqui estão patentes, só tem uma solução.

sábado, 31 de dezembro de 2011

The End


sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Opinião

Para que não acreditar que o amor não escolhe idades, sugiro que vejam este documentário.

Mais informação aqui.

.

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Virá o dia...

... em que possivelmente também cantarei algo assim.


quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Viva o amor

Especialmente este.

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

São mais as vozes que as nozes

Aproveito as férias para me actualizar cinematograficamente. claro que vejo filmes que já passaram à muito de moda.

Ontem estive a ver o filme Cowboys & Aliens, com Daniel Craig e Harrison Ford. Foi uma completa desilusão. Apesar do tema ser bastante interessante, o filme acaba por ser desinteressante. fazer um filme recorrendo unicamente à fama dos actores não é uma boa criação.

Daniel Craig não me desiludio, pois considero-o um fraco actor ( e corrijam-me se eu estiver errado). Recordo o Casino Royale, onde Daniel Craig foi sem sombra de dúvida uma das piores escolhas, para a interpretação de um agente do MI5. Não transmitiu qualquer charme, condição muito importante nas histórias do 007. Até o Mr Bean (Rowan Atkinson) transmite mais charme, apesar do hilariante desempenho como agente secreto.

Sobre Harrison Ford não há muito a dizer. É simplesmente, para mim claro, um dos maiores actores de todos os tempos. Passam os anos e o charme lá está (melhor que ele só Sir Sean Connery ou Sir Anthony Hopkins), mantendo-se sempre em alta. Pena que este filme não lhe faça a justiça esperada.

É por isso que aplico o ditado que escolhi como título. Foi, repito, uma grande desilusão. O tema tinha muito onde puxar e afinal saiu o que se vê.

Não sou critico de cinema, mas é esta a minha opinião. Vale exactamente o valor que lhe derem.

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Última semana

Ando de volta dos biscates aqui no meu ninho. Vou fazendo aos poucos, só que desta vez adoptei a estratégia de começar e acabar. Já chegam de projectos que ainda estão por acabar, espalhados pela casa.

Ao contrário de muitos não espero passar esta semana a avaliar o que fiz durante o ano. Nem sequer a planear o próximo. já defini os meus principais objectivos para 2012. A dieta e consequente perda de peso (principalmente por questões de saúde); retomar a prática de ciclismo; começar a fazer caminhada e possivelmente corrida; apostar em novas receitas culinárias; passear mais com o canito; fazer novos amigos e aprofundar as amizades que já tenho; viver a minha vida.

Espero não estar a ser muito ambicioso. Mas a ambição faz-nos querer ultrapassar as dificuldades.

2012 é maior. Terá 366 dias, mais um para ser vivido da melhor forma possível.

Contínuo a apostar nos filmes temáticos LGBT. Hoje vi o filme Make The Yuletide Gay (2009). Muito interessante e tem a ver com esta época festiva. Pudessem as nossas vidas serem como alguns filmes. Seria tudo bem mais fácil.


Os actores principais: Adamo Ruggiero e Keith Jordan

.

domingo, 25 de dezembro de 2011

Consoada

Não faltou o tradicional bacalhau com couve portuguesa e batatas cozidas.

Os fritos foram convidados habituais e desta vez convidou-se o bolo rainha.

Lareira acesa, circo e programas de Natal na televisão.

A noite acabou com o tradicional chá.

Este ano a consoada já está... segue a passagem de ano.

sábado, 24 de dezembro de 2011

Pronto... não resisti

FELIZ NATAL!!!



quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Para ser diferente

Bom Inverno & Feliz 2012!!!



terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Composição

Um dia, numa escola, a professora questionou os alunos com qual animal é que as pessoas eram mais parecidas. Houve escolhas para todos os gostos, mas a maioria respondeu que os humanos são mais parecidos com os primatas, o chimpanzé.

- Muito bem meninos.
- Pois eu acho senhora professora, que somos mais parecidos com os bivalves!
- Com os bivalves menino Carlos?! Isso é um disparate.
- Não é nada senhora professora.
- Então explique lá porque é que acha que tem razão?
- É assim senhora professora. - e abriu um caderno de capa preta e começou a ler.

"Somos parecidos com os bivalves.

Cada um de nós apresenta-se com uma casca. Algumas cascas são duras e fortes e são difíceis de abrir; outras apesar de duras abrem-se com mais facilidade. Todos procuramos o bivalve que melhor nos saiba bem e nem sempre o encontramos à primeira tentativa. 

Vejamos a ostra: é feia por fora, retorcida e custa a abrir, mas lá dentro há sempre a esperança de se encontrar uma preciosa pérola. Umas vezes essa esperança não é alcançada, mas fica sempre o sabor, se não estiver já estragada.



E quem não gosta de uma navalha? Comprida e tão deliciosa e apesar de tudo abre-se com tão grande facilidade.



Eu por exemplo gosto do berbigão, pois apesar de ser um bivalve comum, com ele fazem-se pratos delicioso,s como o arroz de berbigão. Só também é muito bom, desde que se tire a areia toda. E existe quem aproveite o interior para isco, ou seja, servem-se dele para atingir outros fins.



Existem ainda as ameijoas, com uma grande variedade como a vietnamita, que apesar de tudo não apresenta os olhos em bico, só uma mancha escura junto à dobradiça. É diferente das outras e no entanto, pertence à mesma família.



Existem homens assim. São rudes e duros por fora, mas por dentro são bastante sensíveis. Uns são mais preciosos que outros, depende da pérola que têm dentro. Outros usam-se dos semelhantes para atingir outros fins. E existem aqueles que desprezam o seu semelhante só por ter cor diferente ou outra opção de vida.



Mas no fundo, todos temos a esperança de encontrarmos o bivalve que combine com cada um de nós. É só procurar... ele anda por aí!"

Toda a turma permaneceu calada e a professora manteve-se de boca aberta... até soar o toque de saída.

Moral da história: Ainda não encontrei o meu bivalve predileto, mas contínuo à procura. E vocês?!


PS: História extraida dos meus neurónios, logo após o almoço. Segue mais uma sessão de limpeza ao castelo.

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Coisas que não gosto

Que o detergente que uso para lavar o chão faça espuma.

Hoje foi dia de limpezas. Os quartos, a salinha e a cozinha estão bem mais cheirosos. Aproveitei ainda para consertar aquela gaveta da cómoda que tinha o fundo a cair e o fecho da janela (levei mais de 2 anos a resolver o assunto). Para amanhã fica o salão de baile e a área de serviço (wc).

É um bom começo de férias, especialmente na época festiva que se aproxima a passos largos.

Felizmente para as limpezas e outros trabalhos caseiros conto com uma preciosa ajuda, eu próprio. Passo a explicar: uma vez é o Ribatejano que limpa e na outra limpa o Ribatejano; na cozinha  normalmente é o Ribatejano que prepara a comezaina e quem lava a louça é o Ribatejano. Assim fica tudo muito mais fácil.

Já no quintal tenho uma outra ajuda também muito preciosa - o cão, pois ele suja e eu limpo. hehehe

domingo, 18 de dezembro de 2011

Dedicatória aos meus avós

Decidi homenagear os meus avós. Foram das pessoas mais importantes da minha vida. Conheci três biológicos e dois por afinidade. Perdi-os pois é essa a natureza, mas não há semana em que não me lembre deles.

Dedico este fado do saudoso Alfredo Marceneiro a todos os avós deste mundo.


É Natal...

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Inveja

Sei que a inveja é um pecado mortal e acima de tudo uma coisa feia. Mas confesso que sinto inveja de alguns blogues que sigo. Não pelos gráficos ou pela forma de escrever, mas sim pelos temas.

Textos a duas mãos... que inveja.

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Um dia de Outono

Acabei de jantar e desta vez não vou dizer o que foi, por duas boas razões: primeiro porque este espaço não é maioritariamente dedicado à culinária e meus respectivos dotes; segundo, porque corro o risco de ver à minha porta alguns dos incautos passantes e/seguidores para me "filarem" uma refeição (não me importava nada até).

Tive hoje mais um vulgar dia de Outono. Não sei se deveria chamar de Outono pois na verdade esta estação não tem realmente dado o ar de sua graça. Hoje o dia esteve muito bom, apesar de se esperar uma baixa na temperatura. O dia profissional correu sem qualquer sobressalto.


Saí e fui gastar dinheiro. Gosto de gastar dinheiro. mas ao contrário de muita gente que compra coisas que acabam por não lhes servir de nada, só adquiro aquilo que realmente necessito. Acabei por visitar um dos centros comerciais chineses aqui da zona e comprar um espremedor e um frasco de álcool (ok, informação desnecessária).



Cheguei a casa e após a normal lambidela do canito à minha mão, enquanto abro o portão, entrei em casa. Olhei para os "biscates" que à muito esperam ser terminados e decidi aconchegar-me confortavelmente no sofá, abrir o portátil e navegar pelo mundo virtual. Li algumas mensagens, visitei alguns blogues, dormi enquanto ouvia música... raio de sofá tão confortável.


O canito teve sorte em jantar primeiro que eu. Dá-me cabo do juízo o rapaz, mas que se há-de fazer? É um companheirão. Além disso se não quisesse algo assim teria comprado um cão de loiça ou de peluche... mas não seria a mesma coisa.


Agora estou por aqui (quando lerem já não estarei, claro) e dentro em pouco vou sair. Gosto de conduzir de noite e é isso que vou fazer. Digamos que é a minha extravagância da noite, gastar um pouco de combustível. Aproveito para ir carregar o telemóvel, pois já o devia ter feito na semana passada.

É assim o dia de um Ribatejano no oeste, num dia de Outono... ou talvez, mais um dia de um rapaz solteiro.



PS: Obrigado aos passantes que me vão contactando a felicitar-me por este novo espaço. Também acho que a imagem do blogue lhe dá um ar mais sofisticado. Já quase esqueci o espaço anterior. Às vezes é preciso darmos uns tombos para vermos que precisamos de mudar para melhor... e este espaço é a prova dessa aprendizagem.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

A escrever...

... uma letra para a festa de Natal do emprego. Agora dei nisto... será o meu espírito natalício a voltar aos poucos?!


O que vale é que a semana será curta!

...............

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

É só seguir a receita


E o resultado foi este:


terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Este blogue é católico

Seria um dos temas que pensei nunca colocar aqui, mas não consigo fugir à questão.

Não sou católico unicamente por ter nascido numa comunidade católica, no seio de uma família católica e cuja opção me foi quase imposta pelos meus pais. Digo quase imposta pois poderia ter mudado de religião mas nunca o fiz, pois considero que é esta a minha fé correcta (correcta pode nem ser a palavra mais certa).


É claro que não sou a favor de alguns preceitos da religião católica. Por exemplo sou a favor do baptismo mas só se fôr uma escolha pessoal. O baptismo de crianças devia ser abandonado, pois acredito que cada um de nós deve seguir o caminho que entender.

Também não sou obrigado a aceitar tudo o que o Clero impõe. Deus dá-nos direito de sermos críticos, de decidirmos por nós próprios. É claro que existem algumas regras que devem ser cumpridas. Tal como as leis de um país, há sempre a hipótese de não as respeitar, com as consequências devidas.


Durante muito tempo, especialmente durante a juventude, em que era mais radical, também eu coloquei muitas coisas em causa. A questão do casamento sacerdotal por exemplo. Se por um lado Deus nos disse para "crescer e multiplicar", um sacerdote não é uma pessoa qualquer. É uma pessoa que deve dedicar a sua vida aos outros e não sei se sendo casado poderia seguir essa missão sem magoar a família e restante rebanho. É uma opinião, tem o valor que lhe derem.

Vejo no Clero nacional pessoas que considero serem muito inteligentes, especialmente no alto clero. Temos um bom patriarca e temos bons bispos e padres. Nem sempre concordo com as suas posições, mas é o direito de cada um de nós, ter opinião.


Não deve ser a Igreja Católica a vergar-se perante os crentes, tal como não devem os crentes seguir todos os preceitos sem questionarem. Como tudo na vida, há que se atingir um equilíbrio.

Erros foram cometidos no passado, mas devido a esses erros muito se avançou. E nunca devemos esquecer que foi a Igreja Católica que construiu a Europa, apesar de novas ideias quererem passar uma borracha sobre esse facto. O importante é podermos dar a volta por cima e rumar para o futuro.


O Ribatejano é católico e disso se pode orgulhar. E quem tiver opinião contrária é livre de a ter, pois não posso de forma alguma impôr as minhas ideias.

Acredito em Deus. Creio em Jesus, Maria sua mãe e nos anjos e santos.

Deus é amor (início da 1ª encíclica de Bento XVI)... e é esse amor por todos os homens que realmente interessa.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

domingo, 4 de dezembro de 2011

Mexendo em papéis antigos...

... encontrei esta "pérola":

LOUCURA

PROCUREI POR TODA A PARTE
A RESPOSTA A UMA QUESTÃO.
MAS NÃO SEI SE FOI FALTA DE ARTE
POIS NÃO ACHEI A SOLUÇÃO.

SÓ SEI QUE ME CANSEI
QUE SUEI ATÉ MAIS NÃO
POR TODO O LADO POR ONDE ANDEI
SÓ SENTI DOR NO CORAÇÃO.


UMA DOR TÃO MIUDINHA
MAS QUE SE DAVA A SENTIR.
QUE RAIO DE COISA EU TINHA
QUE NEM A CONSEGUIA MEDIR?

MAS UM DIA IA A PASSAR
MESMO EM FRENTE À TUA PORTA
E SEM POR MIM DAR
ENCONTREI A TAL RESPOSTA.














AFINAL ESTAVA SEMPRE
EM FRENTE AO MEU NARIZ.
SE ME LEMBREI ASSIM DE REPENTE
PORQUE É QUE ANTES NÃO O FIZ?

A RESPOSTA É AFINAL
BONITA E COM BRANDURA
POIS NÃO HÁ COISA IGUAL
COMO ESTA GRANDE LOUCURA


(POR...)

UM ETERNO...

Coimbra, 06 de Março de 2000

Beleza

É a beleza interna que tem mais importância


mas a beleza externa também ajuda

sábado, 3 de dezembro de 2011

Um sonho...

... parvo entre as 3 e as 4 da madrugada.

Odeio sonhos parvos!

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Caloice

É não apetecer fazer jantar. Fiquei-me por pizza (de atum) e café da avó quentinho.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Esta noite

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Pode um homem fraturar seu pénis?

Uma famosa imagem mostrada no Google Imagens mostra uma suposta radiografia de um pênis quebrado. Mas até onde é verdadeira? Poderia realmente um homem fraturar o seu pênis?

Não é sim. A imagem é falsa, todos sabemos que pênis não tem osso, mas infelizmente sim é possível quebrar o pênis (ui!). Esta lesão urológica afeta um de cada 100.000 habitantes e ocorre pela ruptura dos corpos cavernosos durante a ereção.

Recordemos que o interior do pênis é ocupado por três espaços cilíndricos ou seios de tecido esponjoso recobertos de uma camada membranosa. Os dois maiores são os corpos cavernosos, que estão localizados em ambos lados e acima do terceiro, o corpo esponjoso, que abraça a uretra.

Estes espaços enchem-se de sangue durante a excitação sexual para provocar a ereção. É precisamente neste estado quando pode ocorrer a fratura, devido à prática de posições eróticas forçadas ou quando se efetua uma penetração de forma inadequada (uii!!!). A lesão é sumamente dolorosa e requer cirurgia (uiii!!!).


Leia mais aqui (texto escrito em português do Brasil)

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Confissão

Confesso que apesar de fazer a separação do lixo, ainda não pratico a compostagem. Não o faço por não ter espaço para isso, simplesmente ainda não tive forças suficientes para começar.

Prendam-me se fôr caso disso... ou não.

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

À noite...

... baixa a temperatura... e eu aninho-me no sofá em frente à lareira.



E quem devia estar aqui não está... estás tu, que não me fazes falta nenhuma.

sábado, 26 de novembro de 2011

Um sonho de menino

Vinte anos passaram e o sonho do menino caiu por terra.

Estudar para ter uma profissão. Encontrar aquela que seria a companheira para a vida. Casar. Ter filhos. Viver a vida sem sobressaltos. Netos.

O sonho foi-se tornando utopia ao passar do tempo. As vontades foram outras e as circunstâncias contrariaram as expectativas. Parte foi realizado, mas muito ficou por se tornar realidade.

E o futuro? O futuro a Deus pertence. Há que viver o presente dia-a-dia. Há que viver...

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Sexta-feira

Hoje foi dia de limpeza. Lavei chão, limpei móveis, sacudi tapetes e deitei no lixo mais algumas inutilidades espalhadas pela casa.


Jantei cedo hoje. Esta hora de Inverno engana muito. Eram 18:30h e já estava de volta do prato.

Enquanto o chão secou, aproveitei para ver um filme. "O Fugitivo" com o fabuloso Harrison Ford.


Uma mistura de chás enche a minha caneca "ursinho" com o nariz vermelho (fica desta cor quando tem líquido quente dentro, quando arrefece fica preto de novo).


Uma nova mensagem se conclui no blogue e está quase terminada uma noite de sexta-feira.

São 3:30 da madrugada...

... e eu acordado. É o que resulta por me ter deitado tão cedo.

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Dia de Greve Geral

Respeito quem luta pelos direitos de todos nós.
Simplesmente acho que esta greve não leva a nada, pois os nossos governantes estão reféns das pressões externas.



Temos que esperar que valha a pena todo o sofrimento.
Se não chegarmos a "bom porto", aí sim, temos que sair à rua e provocar estrilhos.

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Gay men chorus of Los Angels

Gosto de coros. Acho que as músicas ficam sempre mais melodiosas quando são interpretadas a várias vozes. Deixo-vos a performance de um dos grupos corais americanos que usualmente ouço no youtube. Existem outros com igual qualidade, inclusivé no Reino Unido e outros países.

Talvez um dia eu tenha voz para participar num coro... talvez num Março qualquer (hehehe).

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Para primeira publicação musical decidi-me por um dos grandes nomes da música popular brasileira. Falo de Luiz Gonzaga, entretanto já desaparecido, que considero uma das melhores vozes que conheço do outro lado do oceâno. Deixo aqui a "Morte do Vaqueiro", uma melodia muito bonita e com bastante significado.

Caldeirada rápida de bacalhau

Cobre-se o fundo de um tacho com cebola à rodelas e picam-se três dentes de alho. Rega-se com azeite e coloca-se polpa de tomate. Cortam-se batatas às rodelas (poucas que fazem mal) e dispõem-se sobre a cebola. Tempera-se de sal e coloca-se uma nova camada de rodelas de cebola. dispõe-se o bacalhau cortado em postas pequenas, que se regam com mais azeite e um pouco de vinho branco. Adiciona-se um pouco de água e por cima de tudo completa-se com couve coração cortada fina (mais grossa que Juliana). Depois de cozida a caldeirada, deixa-se repousar por uns minutos. Acompanha com pão de trigo e para quem não gostar de vinho branco (que se deve beber sempre bem fresco), pode beber "café da avó".

E pronto, este vai ser o meu jantar hoje e certamente farei um bom proveito.

PS: Realmente chamar a esta receita de caldeirada não está completamente correcto, mas é a minha simples definição.

domingo, 20 de novembro de 2011

Classificação do espaço

Informo que este espaço terá conteúdo adulto, embora só algumas crianças tenham a capacidade de perceber quais os temas classificados como adultos.

Imagens indecentes serão o "pão de cada dia" por aqui. 

Fotografias indecentes como esta


porcas como esta


ou mesmo sem necessidade de comentários


Considerem-se devidamente avisados. 

Quaisquer reclamações não se façam rogados.

sábado, 19 de novembro de 2011

O início

O início de um blogue é sempre um momento marcante, mesmo não sendo estreante nestas andanças. Não faço intenção deste espaço ser de referência na blogosfera, pois este espaço é escrito de mim para mim. Qualquer visitante que por aqui passe é bem vindo. Qualquer opinião ou sugestão será recebida sempre de coração aberto.